Quais são os sintomas e tratamentos de um cachorro gripado?

Você sabia que os cachorros também podem ficar gripados? Com a chegada do inverno, aumenta a incidência de doenças respiratórias nos bichinhos, entre elas a gripe – ou, para usar o termo correto, traqueobronquite infecciosa canina.

Quando falamos dos cães, o termo gripe se refere à doença do trato respiratório, que pode ser causada tanto por vírus (parainfluenza) quanto por bactérias (principalmente Bordetella bronchiseptica). Assim como acontece com os seres humanos, ela é contagiosa e pode infectar outros animais, por meio de superfícies contaminadas ou contato direto com as secreções.

Neste post, vamos conhecer os sintomas do cachorro gripado, os tratamentos e cuidados e o que pode ser feito para diminuir as chances de que o animal fique doente. Acompanhe!

Sintomas do cachorro gripado

Os sintomas da gripe nos cachorros é bem semelhante à nossa e podem durar de apenas alguns dias a algumas semanas. Eles incluem:

  • Congestão e secreção nasal (coriza);
  • Espirros;
  • Tosse;
  • Febre.

Outros sinais que podem aparecer são falta de apetite, apatia, secreção nos olhos e ânsia de vômito (motivada sobretudo quando a tosse é mais intensa).

Diagnóstico e tratamento para cães doentes

No caso de aparecimento de algum desses sinais, é preciso levar o pet ao veterinário, especialmente quando eles persistem por cerca de duas semanas.

O diagnóstico geralmente é feito por meio de exame clínico, com apalpamento, ausculta e aferimento de temperatura. Além disso, o veterinário pode pedir hemograma e exames laboratoriais e de imagem.

Como podem ser causados por vírus ou bactérias, é necessário identificar o patógeno para iniciar o tratamento mais adequado para cada caso.

Caso a traqueobronquite infecciosa canina seja causada por bactérias, por exemplo, pode ser necessária a administração de antibióticos para conter a infecção. Caso contrário, em casos mais graves, a doença pode evoluir para uma pneumonia.

Seja qual for a causa, é importante que, durante o tratamento, o tutor dê bastante água para o cachorro e o incentive a comer, mesmo em caso de falta de apetite (a ração úmida é uma dica para convencê-lo). Mantê-lo longe da friagem, chuva e banhos também é importante.

Importante notar que, na maioria dos casos, essa é uma doença autolimitante, ou seja, o cãozinho se recupera sozinho após alguns dias com esses cuidados mais básicos.

Como prevenir que o cachorro fique gripado

A melhor prevenção para a gripe é manter o sistema imunológico dos animais fortes. Mesmo que não impeça a infecção, isso ao menos vai ajudar a tornar os sintomas mais leves.

Algumas medidas que podem ser tomadas para isso são:

  • Manter uma alimentação saudável;
  • Manter o animal hidratado;
  • Manter uma rotina de atividades físicas, como passeios e brincadeiras;
  • Manter o pet protegido em dias mais frios e evitar mantê-lo em ambiente com ar condicionado, principalmente para cães de focinho curto.

Além disso, é preciso manter a carteirinha de vacinação em dia. O calendário anual de vacinas não inclui apenas a raiva, mas também as proteções contra doenças virais e bacterianas (vacinas V8 ou V10).

Esperamos que tenha ajudado você a entender quais são os sintomas e tratamentos de um cachorro gripado. E se precisar de qualquer coisa para seu animalzinho de estimação, conte com a Bichinho Virtual e conheça nossa linha de medicamentos!

Tudo o que você precisa saber sobre um novo cachorrinho em casa.

SAIBA MAIS
🙂 Por que não dar comida humana para seu pet
🙂 Como escovar os dentes do seu cachorro

🙂 Moda Praia Pet

Aproveite para nos acompanhar no facebook, no instagram e no pinterest.

Compartilhar:

Deixe uma resposta