Aprenda como escolher o peitoral perfeito para o seu cachorro

Para manter o seu bichinho de estimação saudável, levá-lo para passear e fazer exercícios é muito importante. Embora algumas pessoas gostem de sair com seu pet solto e sem guia, essa é uma prática arriscada, já que o animal pode se assustar ou querer correr atrás de outro cãozinho ou de um carro que estiver passando.

Assim, para reduzir o risco de acidentes e outros problemas, é fundamental levar sempre o seu cachorro na coleira. E melhor ainda se for com peitoral, já que esse tipo de guia evita que os pets mais afoitos se engasguem e traz mais firmeza e segurança para o dono segurá-lo.

Pensando nisso, neste post vamos ensinar você como escolher o peitoral perfeito para o seu cachorro e quais são os modelos disponíveis. Acompanhe!

Por que escolher um peitoral?

Algumas características do produto devem ser analisadas na hora da escolha, especialmente para garantir a mobilidade do cãozinho e segurança ao guiá-lo. Ao analisar os diferentes peitoral para cachorro, certifique-se de que ele se adapta ao tamanho do animal e se fica confortável nele, sem que cause muito atrito nas axilas, por exemplo.

Quem costuma viajar com seu pet também deve ficar atento. Para transportar o cão, as coleiras do tipo peitoral são as mais indicadas, inclusive para prendê-los ao cinto de segurança. Em caso de freadas bruscas ou acidente, o peitoral funciona como um cinto de três pontos nos humanos, distribuindo o peso e evitando que o bichinho engasgue ou se machuque.

Outro ponto que pesa a favor do peitoral é a segurança.  É preciso levar em consideração fatores que fogem ao controle dos donos: quando cruzamos pessoas que têm medo de interagir com cães ou animais mais ariscos, nossos cães percebem essa agitação – seja por gestos ou cheiros – e podem se tornar agressivos ou imprevisíveis.

Como comentamos, o peitoral para cachorro dá muito mais firmeza para segurá-lo em caso de necessidade e evita que ele sufoque quando for puxado – o mesmo vale para os cãezinhos que gostam de “levar os donos para passear” e vivem puxando a guia.

Peitoral serve para cachorros de todos os tamanhos?

Os peitorais para cachorro podem ser encontrados em diferentes materiais e para diferentes portes de animal. No entanto, quanto maior for o peludo, maior deve ser a atenção com a qualidade e a resistência da peça. Afinal, segurar um poodle não é a mesma coisa que aguentar os puxões de um dogue alemão.

Independentemente do porte do animal, o peitoral é um ótimo acessório, servindo não apenas para controlá-lo durante o passeio, mas também para, já no início, treinar seus movimentos e fazê-los compreender o que pode e o que não pode na hora de sair de casa.

Afinal, como escolher um peitoral para o meu cachorro?

Na hora de escolher uma coleira peitoral para o seu animal de estimação, alguns pontos devem ser levados em consideração, como:

Material

Existem peitorais feitos dos mais diversos materiais. O importante é que o produto seja feito de um tecido resistente e capaz de aguentar os puxões do cão, sobretudo os de grande porte.

Também é preciso considerar se seu cachorro costuma roer as coisas ou se ele se coça com frequência. Geralmente, os peitorais são feitos com nylon, material suficientemente resistente. Outra opção são os peitorais impermeáveis, ideais para cãezinhos que adoram mar ou uma piscina, evitando que a umidade prejudique sua durabilidade.

Tamanho

Antes de comprar o produto, é preciso medir o seu pet e conferir se o tamanho escolhido é o ideal. É preciso atentar-se, principalmente, à abertura do pescoço e ao ajuste ao redor do peitoral. Coleiras largas podem permitir que o animal escape, enquanto peças muito justas podem prejudicar sua respiração.

Modelo

Você vai encontrar peitoral para cachorro de diferentes formas e modelos, cada um com uma proposta ou função específica e com diferentes encaixes. Alguns modelos são:

Peitoral em Y ou americano: passa em torno do peito e das pernas e é fechado na região das costelas. São ideais para cachorros menores.

Clique aqui e confira nossas alternativas de Peitoral em Y ou americano:


Peitoral de treino ou anti puxão: permitem parar o cão em caso de puxões. Esses modelos contam com uma argola para prender a guia no centro do peito ou, em alguns casos, em cima das costas. São ideias para o treinamento dos animais, ensinando ele a parar de puxar durante o passeio.

Peitoral H: nesse modelo, as medidas são ajustáveis no pescoço e no tórax, garantindo um melhor encaixe no corpo do animal. Muitas peças contam com duas opções de gancho: na base do pescoço e na cinta que envolve o tórax.

Peitoral colete ou air: normalmente são acolchoadas e cobrem uma área maior do corpo do cachorro. É ideal para animais mais medrosos, pois ajuda a se sentirem mais protegidos. Geralmente, possuem dois pontos reguláveis e duas opções de gancho para engatar a guia.

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender como escolher o peitoral perfeito para o seu cachorro. E se precisar de qualquer coisa para seu animalzinho de estimação, conte com a Bichinho Virtual!

Saiba Mais

👉 Fantasias de Carnaval para Pets: modelos para seu bichinho arrasar
👉Cachorro e gato juntos: truques para melhorar a convivência

Aproveite para nos acompanhar no facebook, no instagram e no pinterest

Compartilhar:

Deixe uma resposta